Vida Urbana


Presidiário é assassinado enquanto deixava cadeia em Mangabeira

Vítima deixava a prisão com outros presos quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta.




Um presidiário de 36 anos que cumpria pena no regime semiaberto foi assassinado com um tiro na cabeça no momento em que deixava a penitenciária no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, no início da manhã desta quarta-feira (6). Conforme a Polícia Militar, a vítima deixava a prisão com cerca de outros 600 presos do semiaberto quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta.

A vítima não resistiu e morreu no local. De acordo com a Polícia Civil, a presidiário morto cumpria pena no regime semiaberto há cerca de três meses. O delegado Luiz Cotrim, da Homicídios, informou que a vítima foi morta com quatro tiros quando se aproximava do carro para ir embora.

“O carro dele estava estacionado perto do presídio e foi no caminho até o carro que ele foi baleado por dois homens em uma motocicleta. Estamos fazendo exames de perícia e foi possível confirmar a princípio que foi usada uma pistola para cometer o crime”, explicou. O carro da vítima não foi encontrado no local e a polícia acredita que alguém se aproveitou do crime para roubar o veículo.

Ainda de acordo com a polícia, o presidiário tinha sido proibido de deixar o carro em frente ao presídio. Nilton Araújo Neto, de acordo com familiares, cumpria pena por porte ilegal de arma. O corpo foi encaminhado para Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol). Nenhum suspeito foi preso até as 7h38 de quarta-feira.