Vida Urbana


Homem é morto com nove tiros na casa da namorada em João Pessoa

Maioria dos disparos atingiu a vítima na cabeça e no tórax. 




Um homem foi morto com pelo menos nove tiros enquanto estava na casa da namorada na rua das Trincheiras, Centro de João Pessoa, neste domingo (3). A maioria dos disparos atingiu Willian Andrade da Silva na cabeça e no tórax. Cerca de uma hora depois, um homem foi preso em outra casa da mesma rua por suspeita de ser o autor do homicídio.

Conforme o sargento Edvando, da Polícia Militar, a vítima morava no bairro Colinas do Sul. “Provavelmente os tiros foram de fora para dentro da casa. Ele não conseguiu escapar e morreu no local”, comentou.

A prisão do homem suspeito de cometer o crime aconteceu após uma denúncia anônima feita por telefone à Polícia Civil. Anderson David Aguiar dos Santos foi preso e um revólver foi apreendido com ele, segundo a polícia. Ele disse que o revólver não era seu e negou que tivesse cometido o crime.

“Eu não devo, nunca fui preso. A polícia chegou lá na casa da minha sogra e pegou quando eu tava deitado com a minha filha. Minha mulher chegou até a dizer que tinha ouvido tiros, pedi que ela guardasse os meninos. Nunca vi esse rapaz na vida. Se tivesse sido eu, jamais ficaria em uma casa a 100 metros”, alegou.

O suspeito preso e a arma apreendida foram encaminhados para Central de Polícia, no bairro do Geisel. O corpo de Willian foi examinado pelo Instituto de Polícia Científica e encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor.