Vida Urbana


Suspeitos de explosão a agência morrem em confronto com a PM

Suspeitos estavam em uma casa na zona rural do município de Janduís, no estado do Rio Grande do Norte.




Divulgação/PMPB
Divulgação/PMPB
Um verdadeiro arsenal foi encontrado com os suspeitos do crime

Quatro suspeitos de participarem de uma explosão a agência bancária do Bradesco na cidade de Brejo do Cruz, na madrugada deste domingo (3), foram mortos após um confronto com policiais militares da Paraíba e Rio Grande do Norte. 
 
Os suspeitos estavam em uma casa na zona rural do município de Janduís, no Rio Grande do Norte, quando a Polícia Militar em uma operação conjunta envolvendo policiais dos dois estados chegaram no local. Os suspeitos atiraram contra os policiais e uma troca de tiros foi iniciada. O confronto durou cerca de meia hora.
 
De acordo com informações do 12º Batalhão de Polícia Militar de Catolé do Rocha, quatro suspeitos de participarem da explosão ficaram feridos durante o confronto e morreram. Um policial militar que participava da operação foi atingido de raspão por um tiro e ficou ferido. Ele foi levado para uma unidade hospitalar da cidade de Janduís e não corre risco de vida. Ainda não há informações sobre a identificação dos suspeitos mortos.
 
Armas, explosivos e vários tipos de munições foram apreendidos pela polícia no local. A polícia acredita que o grupo estava reunido na casa.De acordo com a PM, a quadrilha é formada por criminosos do Rio Grande do Norte e os demais integrantes já foram identificados.

A explosão a agência no município de Brejo do Cruz aconteceu na madrugada deste domingo (3) por volta das 4h,
quando um grupo de pelo menos 15 homens chegaram na cidade em dois veículos.