Vida Urbana


Segurança baleado durante assalto morre no Hospital de Trauma

Vigilante particular foi baleado na cabeça ao tentar evitar um assalto a uma mãe de uma aluna 




O vigilante baleado ao tentar impedir assalto no bairro dos Estados, na manhã da sexta-feira (1º) em João Pessoa, morreu no Hospital de Trauma, na tarde deste sábado (2).  De acordo com o boletim das 15 horas do hospital, Fábio Alves de Lima, de 38 anos, “passou por procedimento cirúrgico de emergência, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e foi a óbito”.
 
O vigilante particular foi baleado na cabeça ao tentar evitar um assalto a uma mãe de uma aluna no momento em que elas chegavam ao local na manhã desta sexta-feira (1º), no Bairro dos Estados. Conforme a Polícia Militar, o segurança viu o momento em que dois homens em uma moto preta abordaram a mulher e a criança e reagiu para evitar o roubo.
 
Testemunhas contaram que o segurança entrou em luta corporal com um dos assaltantes, mas foi baleado na cabeça pelo outro. A dupla fugiu do local levando objetos pessoais da mãe e do estudante.
 
A vítima, Fábio Alves de Lima, de 38 anos, é agente judiciário da 1ª Vara da Infância e da Juventude de João Pessoa e nas horas de folga trabalha como segurança da escola particular. Ele foi socorrido por uma ambulância do Samu e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.