Vida Urbana


Comerciante que matou três assaltantes se apresenta à polícia

Homem confirmou a autoria dos disparos contra os assaltantes.




O comerciante que reagiu a um assalto ocorrido na última terça-feira (22) em Cacimba de Dentro e atirou contra os bandidos, deixando três mortos, se apresentou a Polícia Civil na manhã desta segunda-feira (28), prestou depoimento e foi liberado em seguida. A informação foi confirmada pelo delegado, Joacil Moreira, que investiga o caso.  
 
De acordo com delegado da Polícia Civil, o comerciante confirmou os disparos contra o assaltantes e disse que foi abordado pelos suspeitos ao sair de sua residência.“Ele disse que saia de casa, quando foi abordado pelos suspeitos. Dentro da residência [o comerciante] entregou o dinheiro solicitado, uma quantia equivalente a sete mil reais, e depois foi colocado no banheiro, para que os assaltantes fugissem do local. A porta do banheiro não ficou trancada e na sequência a vítima saiu, pegou uma arma que estava guardada na cozinha e foi anotar placa do veículo utilizado pelos suspeitos. Neste momento, o comerciante recebeu um disparo e revidou atingindo os suspeitos que estavam no carro”, disse Joacil Moreira. 
 
Após prestar o depoimento, o delegado disse que o comerciante foi liberado e deverá responder pelo crime de homicídio. “A principio ele vai responder por homicídio, mas o caso deve ser analisado pela justiça, uma vez que o comerciante é vítima de um caso de assalto e, segundo ele, dispara a arma por legitima defesa”, explica o delegado. 
 
Sobre a arma utilizada pelo comerciante, o delegado informou que a vítima contou à polícia que perdeu ao fugiu do local, depois do confronto com os assaltantes.  A investigação sobre o caso deve ser concluída nos próximos 30 dias pela Polícia Civil. 
 
Na versão do quarto suspeito envolvido no assalto apresentada à polícia,  Mário Nunes do Nascimento, de 22 anos contou  que o crime contra o comerciante foi planejado.