Vida Urbana


Mais uma pessoa é presa por furto de energia em Campina Grande

Prisão é furto de ua operação conjunta entre Energisa e Polícia Civil.




Mais uma pessoa foi presa em Campina Grande acusada de estar furtando energia elétrica em Campina Grande. Desta vez o caso foi registrado nesta sexta-feira (25), em uma empresa localizada na Rua Miguel Couto, no centro da cidade. A prisão foi realizada pela Polícia Civil em apoio à uma ação da companhia elétrica Energisa.

 

De acordo com a investigação, após receberem a denúncia de que a empresa estava funcionando com um "gato", foi montada essa ação conjunta para verificar se procedia a informação. Ao chegar no local, os técnicos da Energisa e a perícia técnica constataram a irregularidade no desvio e subtração de energia elétrica. O proprietário do estabelecimento foi preso el flagrante e em seguida conduzido a 2ª Delegacia Distrital, onde prestou depoimento, foi autuado e liberado após pagar fiança.

 

Essa é o segundo empresário detido esta semana pelo crime de furto de energia em Campina Grande. Na última terça-feira uma mulher proprietária de um mercadinho no bairro das Malvinas também foi presa após uma fiscalização conjunta.