Vida Urbana


Morre no hospital taxista baleado enquanto trabalhava em JP

Alvo dos tiros era a passageira do táxi, que morreu no local.




Walter Paparazzo
Walter Paparazzo
Homem foi baleado dentro do próprio carro

Morreu na segunda-feira (21) o taxista que foi baleado no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa, na quinta-feira (17). Antônio Vieira de Figueiredo, de 61 anos foi ferido quando criminosos abordaram seu táxi e atiraram contra a passageira, que acabou morrendo dentro do carro. A informação da morte do motorista foi confirmada pela assessoria da Secretaria de Segurança e Defesa Social

Antônio Vieira pegou uma passageira no bairro de Mangabeira e, quando o carro passava em frente ao Cemitério do Cristo, por volta das 19h de quinta, outro veículo parou ao lado e os ocupantes atiraram contra os dois. Segundo a Polícia Civil, o alvo era a mulher. Baleado, o taxista foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

O taxista passou por procedimentos médicos de emergência e, após um período de observação, foi transferido para um hospital privado, onde acabou morrendo.