Vida Urbana


Cearte oferece mais de 2 mil vagas em cursos livres

Inscrições ficam abertas até sexta-feira (25).




O Centro Estadual de Arte (Cearte) oferece 2.300 vagas em 42 cursos e 163 turmas. As inscrições ocorrem até o dia 25 de agosto. A ênfase, neste segundo semestre, é a área de Literatura que oferece cursos como os de Escrita Criativa e Redação.

A Literatura foi eleita tema principal das matrículas com o intuito de melhorar o desempenho dos alunos em relação à interpretação de texto, leitura e escrita, uma dificuldade que os professores do Cearte têm percebido aumentar ao longo dos anos. “Estamos desejando que isso seja uma forma das pessoas terem mais oportunidade para escrever. São cursos de escrita de texto, poesia, redação, escrita criativa”, pontua a diretora Laura Moreno.

Além do tema em destaque, o Cearte oferece um grande leque de opções. “Na área de música são oferecidas as linguagens de canto lírico, popular, baixo acústico, teclado, violão, harmonia e improvisação. Em Artes Visuais há cursos de desenho, pintura, cerâmica, xilogravura, fotografia. Em Dança há dança clássica, moderna, contemporânea, étnicas (dança do ventre) e danças urbanas”, conta a diretora.

Valores

Para fazer os cursos livres no Cearte é preciso pagar R$ 100,00 (pelo semestre). Havendo compatibilidade de horários e habilitação, o aluno pode se matricular em mais de um curso (até três).

Alunos da rede pública pagam apenas R$ 40,00. O servidor público que recebe uma remuneração bruta de até dois salários mínimos, mediante apresentação de comprovante de renda, a colaboração dele também é de R$ 40,00. Têm direito à gratuidade os beneficiários do Bolsa Família, mediante comprovação, e pessoas com deficiência.

Serviço:
Cursos de Artes Visuais, Áudio Visual, Teatro, Dança, Música e Literatura
Vagas: 2300
Inscrições: até dia 25/08. As inscrições são feitas na sede do Cearte: Grupo Escolar Dr. Thomas Mindelo, Centro, João Pessoa 
Valor: R$ 100,00 – Alunos de escola pública e funcionários públicos que recebem até dois salários mínimos pagam R$ 40,00. Pessoas com deficiência e usuários do Bolsa Família são isentos.