Vida Urbana

Governo lança editais que podem premiar professores com até o 15º salário

Professores e escolas podem inscrever projetos para o Programa Escola de Valor e Prêmio Mestres da Educação.




Francisco França
Francisco França
Editais premiam professores e escolas que desenvolverem projetos para melhorar a educação

Os editais dos programas visando à premiação de professores da rede estadual da Paraíba que desenvolvem Projetos de Intervação Pedagógica (PIP) diferenciados foram publicados nesta sexta-feira (11), no Diário Oficial do Estado. Os programas podem pagar os 14º e até o 15º salário para os projetos selecionados. O prazo para envio dos projetos dos dois editais começa às 14h de segunda-feira (14).

O primeiro edital, referente ao Programa Escola de Valor, requer que “o Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP) deve apresentar contribuições para a redução do abandono e da evasão, bem como para a melhoria do rendimento escolar dos estudantes”. O objetivo é identificar experiências bem sucedidas no enfrentamento à violência na escola, debate sobre direitos humanos e diversidade, promoção do protagonismo juvenil e da sustentabilidade, inclusão digital e de pessoas com deficiência.

Os profissionais da educação que trabalham nas escolas cujos projetos foram escolhidos receberão um valor correspondente a uma remuneração mensal a qual percebe, caracterizando o 14º salário. Os projetos enviados para a comissão do Programa deverão atender a alguns requisitos e vão ser selecionados por uma equipe de avaliação.

No segundo edital, o Prêmio Mestres da Educação "consiste no fomento, seleção, valorização e premiação das práticas pedagógicas exitosas executadas por professores em exercício e lotados nas escolas públicas estaduais de Educação Básica, e que, comprovadamente, estejam tendo sucesso no enfrentamento dos desafios no processo de ensino e aprendizagem".

Os projetos devem apresentar contribuições para a redução do abandono e da evasão e para a melhoria do rendimento escolar dos estudantes. Os professores cujos projetos foram selecionados vão receber o valor referente a remuneração mensal que recebe. Se a escola em que o professor é lotado for escolhida pelo Programa Escola de Valor, o prêmio terá a característica de 15º salário.