Vida Urbana

PM não tem registros contra idoso apontado como 'isca de assaltos'

Polícia localizou homem que aparece em imagens compartilhadas por aplicativos de mensagens e redes sociais.




A Polícia Militar negou que um idoso de 71 anos esteja sendo utilizado como 'isca' para a prática de assaltos em João Pessoa. Imagens do senhor estão sendo compartilhadas por aplicativos de mensagens e redes sociais mas, conforme a PM, nenhum registro de queixa formal contra o homem havia sido feita até esta sexta-feira (11).

Conforme as mensagens divulgadas junto com as imagens do homem, ele faria parte de uma quadrilha que pratica assaltos e serviria como 'isca': ele pedia carona a motoristas e, logo em seguida, assaltantes em motos roubariam as pessoas que paravam.

Segundo a capitã Carla Marques, da Polícia Militar, o idoso foi encontrado em uma pousada de João Pessoa, contou que é natural da Bahia e que tem 71 anos. Segundo a policial, além da averiguar a informação, a polícia foi até a pousada com o fim de garantir a integridade física dele, uma garantia do Estatuto do Idoso. “Ainda mais quando casos de pessoas que acabam querendo tomar atitudes por conta própria e acabam cometendo injustiças”, justifica.

Após receber relatos de que o idoso também havia estado em Natal, no Rio Grande do Norte, há poucos dias, a Polícia Militar entrou em contato com a polícia do estado vizinho. Assim como na Paraíba, não há nenhuma denúncia ou registro criminal contra o idoso no Rio Grande do Norte, segundo a assessoria da Polícia Militar.

Idoso vem a João Pessoa há alguns anos

O homem contou que chegou a João Pessoa há três dias. Funcionários da pousada relataram que ele se hospeda no estabelecimento há alguns anos, esporadicamente, passa alguns dias e depois vai embora. Os pagamentos são feitos sempre de forma antecipada.

“Pedimos que no caso de alguém ter sido vítima, procure a polícia, registre ocorrência”, pediu a capitã Carla Marques. A Polícia Militar vai continuar a monitorar o idoso, para evitar que a integridade física dele seja ameaçada ou para facilitar o registro de qualquer eventual ilícito.