Vida Urbana


João Pessoa é a cidade com maior registro de chuvas na PB em 2017

Alhandra e Cabedelo também apresentaram altos índices pluviométricos.




João Pessoa é a cidade onde mais choveu este ano na Paraíba. Segundo levantamento feito pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), até a quinta-feira (3) a capital paraibana tinha registrado 1.792 milímetros de precipitações.

O ranking das cidades onde mais choveu este ano tem ainda Alhandra (1.689mm), Cabedelo (1.686 mm), Bayeux (1.649mm) e Mataraca (1.389mm) entre os cinco maiores índices pluviométricos. Cabedelo registrou 454 milímetros em julho, a maior marca do mês na Paraíba. “As precipitações pluviométricas foram muito regulares no mês de julho, produzindo totais representativos e acima da média histórica em praticamente toda a Paraíba, principalmente sobre todo o setor leste do estado”, informou o presidente da Aesa, João Fernandes.

Em julho também foram registradas chuvas significativas no Sertão, nos municípios de Coremas (134,8mm), Vista Serrana (52mm), Condado (75 mm); e no Curimataú e Cariri,nas cidades de Olivedos (121,8 mm) e Boqueirão (82,0 mm). Índices muito acima da média histórica. “Instabilidades vindas do Oceano Atlântico em direção ao continente, mantiveram o tempo nublado e com chuvas esparsas, evoluindo para intensidade de moderada a forte em grande parte do mês”, detalhou a meteorologista Marle Bandeira.

Açudes

Sete dos 127 açudes monitorados pelo governo do Estado estão sangrando. As precipitações que caíram neste mês de julho melhoraram o nível dos reservatórios localizados na faixa litorânea e no Brejo, mas no Sertão a situação ainda é preocupante.De acordo com os dados da Aesa, 42 reservatórios estão em condição crítica, com menos de 5% da capacidade. Outros 42 têm menos de 20% e 36 estão com mais de 20% do volume total.