Vida Urbana

Notificações de dengue, zika e chikungunya têm redução de mais de 90% na PB

A Secretaria de Saúde registrou até 15 de julho um total de 2.239 casos suspeitos.  




As notificações das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti tiveram uma redução de mais de 90% durante o primeiro semestre de 2017 na Paraíba. De acordo com o novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta quarta-feira (2), foram registrados no período de  janeiro a 15 de julho deste ano o total de 2.239 casos.
 
O número representa uma redução de 94,78% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram registrados 42.931 casos suspeitos das doenças. Em 2015 durante o mesmo período foram realizadas o total de 23.221 notificações. Os casos se referem à dengue, febre chikungunya e o zika vírus, todas transmitidas pelo contato do mosquito Aedes aegypti.
 
O boletim epidemiológico revela também a morte de 16 pessoas com suspeitas de arboviroses nos municípios de Bayeux (2), João Pessoa (2), Conceição (1), Caaporã (1), Santa Rita (2), Cabedelo (1), Massaranduba (1), Bom Jesus (1), Boqueirão (1), Santa Luzia (1), Sousa (1), Piancó (1) e Esperança (1). Deste total, dois foram confirmados e quatro descartados. Os óbitos confirmados foram em Bayeux e Caaporã.