Vida Urbana

Suspeito de contaminar água com animais mortos é liberado pela polícia

População de Nova Olinda ficou sem abastecimento de água por uma semana.  




Um homem de 52 anos foi liberado pela Polícia Civil nesta terça-feira (1º), suspeito de colocar animais mortos na tubulação do sistema de abastecimento de água da cidade de Nova Olinda, no Sertão da Paraíba. O caso assustou a população, que passou uma semana sem água nas torneiras devido a contaminação em todo sistema.

Segundo informação da Polícia Civil do município de Piancó, o suspeito estava detido na delegacia, mas como não foram encontradas provas de que ele seria o responsável pela prática do crime acabou liberado nesta manhã. Em depoimento prestado a polícia, o homem negou as acusações.

Por causa da contaminação da tubulação, os mais de 15 mil habitantes do município de Nova Olinda tiveram que passar uma semana sem água encanada, segundo revelou Valdir Silva, agente administrativo da Cagepa de Nova Olinda.

“Isso abalou a cidade. Animais mortos foram colocados na caixa do Sítio do Saco, onde sai a água que abastece as nossas casas. Foi realizado todo o tratamento, mas a tubulação ficou contaminada e não tinha como ser utilizada. Foi preciso passar uma semana fazendo toda a limpeza para tudo voltar ao normal”, disse.

Apesar do abastecimento de água em Nova Olinda ter sido restabelecido, foi pedido pela polícia exames para detectar se realmente a água que está sendo oferecida não está mais contaminada. O lado com o resultado deve ser divulgado em no máximo 15 dias.