Vida Urbana


Saques de contas inativas do FGTS passam de R$ 182 milhões na PB

Segundo a Caixa Econômica, mais de 163 mil trabalhadores já retiraram os valores no Estado.




Agência Brasil
Agência Brasil

Mais de 163,1 mil trabalhadores da Paraíba já sacaram os recursos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo a Caixa Econômica Federal, o valor pago representa um montante de R$ 182, 9 milhões. O prazo para fazer os saques termina no dia 31 de julho.

No país inteiro, a Caixa pagou mais de R$ 41,8 bilhões para 24,8 milhões trabalhadores beneficiados. O valor pago equivale a 96% do total disponível para saque, que é de R$ 43,6 bilhões.

O número de trabalhadores que sacaram os recursos das contas do Fundo de Garantia representa 82% das 30,2 milhões de pessoas beneficiadas pela medida.

Os recursos sacados das contas inativas do FGTS superaram a previsão inicial do banco de R$ 35 bilhões.


Últimos dias para o saque

A Caixa abriu no dia 8 de julho a última fase de saques das contas inativas do FGTS, voltada para os trabalhadores que nasceram em dezembro. O período vai até o dia 31 de julho. No entanto, quem nasceu em outro mês do ano e não retirou os recursos anteriormente também têm até esta data para fazer os saques.

Se o beneficiário não retirar o dinheiro até o prazo final, o valor voltará para a conta do FGTS e ele só conseguirá sacá-lo se estiver enquadrado nas hipóteses que permitem o saque do FGTS, como trabalhadores ou dependentes portadores do vírus HIV; pessoas em tratamento contra o câncer; doentes em estágio terminal em razão de doença grave, ou se ficar pelo menos 3 anos sem receber depósito de empregadores no Fundo de Garantia.

Tem direito a fazer os saques das contas inativas o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015. O trabalhador não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.