Vida Urbana

Pelo menos nove pessoas são mortas a tiros na PB no final de semana

Dos nove casos registrados, três ocorrem na cidade de Campina Grande.




Pelo menos nove pessoas morreram vítimas de disparos de armas de fogo durante este final de semana em seis cidades da Paraíba. Destes casos, três ocorreram neste domingo (23) em Campina Grande, conforme informações do Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP). 
 
O primeiro homicídio foi registrado pela manhã na feira do bairro da Prata. A vítima era um albergado de 40 anos, que foi atingido com, pelo menos, oito disparos. À tarde, uma enfermeira de 26 anos foi assassinada com três tiros no bairro Três Irmãs. Segundo o relato de testemunhas, a vítima estava participando de uma festa, quando duas pessoas se aproximaram e atiraram contra ela. 
 
O último caso na cidade aconteceu após uma dupla tentar assaltar uma pizzaria no bairro Catolé. No momento da ação, os suspeitos foram surpreendidos por uma terceira pessoa que sacou uma arma e matou um dos assaltantes. O outro suspeito conseguiu fugir do local.
 
Em João Pessoa, um homem foi morto com 14 tiros na Ilha do Bispo, zona oeste da cidade. O caso foi registrado pela Polícia Militar no início da noite do último sábado (22). A segunda ocorrência aconteceu neste domingo (23),quando uma jovem de 20 anos participava de uma festa na casa de familiares do namorado e foi atingida por um disparo de espingarda. O suspeito do tiro é o próprio namorado, que se apresentou à polícia. Ele alegou que o disparo foi acidental.
 
No município de Pedras de Fogo, um adolescente surdo foi assassinado durante um assalto a um bar na cidade. O caso aconteceu na última sexta-feira (21). A vítima tinha 17 anos e ficou nervosa durante a ação dos assaltantes, que pediram para que ele ficasse calmo. O rapaz era surdo e não atendeu ao pedido dos suspeitos que atiraram contra ele. 
 
Em Queimadas, uma troca de tiros acabou com um homem de 48 anos morto no último sábado (22). Segundo a Polícia Militar, a vítima se aproximada de sua casa, quando uma segunda pessoa tentou atropelá-lo. Em seguida, uma discussão foi iniciada e os dois acabaram trocando tiros. 
 
Na região do Alto Sertão, um sargento da Polícia Militar de 47 anos foi assassinado, após uma discussão em um bar no município de Coremas. De acordo com informações repassadas pela Polícia, o suspeito dos disparos havia saído do bar e esperou o sargento sair do local, disparando três vezes contra ele. Em Sousa, um agricultor não resistiu aos ferimentos após ser atingido por vários disparos de arma de fogo, após uma discussão em um bar na cidade. A vítima ainda chegou a ser socorrida para o Hospital Regional de Sousa, mas morreu no local.