Vida Urbana

Mulher é morta por ex-companheiro na frente de filha

De acordo com familiares, o crime pode ter sido provocada pelo suspeito não aceitar o fim do relacionamento.




Divulgação: facebook
Divulgação: facebook
Ângela Michelly Gomes morreu antes do socorro chegar

Uma mulher de 22 anos foi assassinada na frente da própria filha, uma criança de apenas cinco anos, após ser atingida por um tiro, na noite de quinta-feira (20), no bairro Mutirão, em Patos, no Sertão paraibano. Segundo a Polícia Civil, o crime foi cometido pelo ex-companheiro de Ângela Michelly Gomes, que atirou quatro vezes, mas só acertou um disparo .

 

O casal manteve um  relacionamento por cerca de oito meses. De acordo com familiares de Ângela, o crime pode ter sido motivado pelo fato do suspeito não aceitar o fim do relacionamento. A jovem tinha comentado sobre essa situação em casa.

Segundo informação da Polícia Civil de Patos, o suspeito estava com a vítima em uma residência quando efetuou os disparos. Ângela Michelly Gomes ainda tentou fugir, mas acabou caindo na frente de sua própria casa.
 
Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu antes da chegada do socorro ao local. Até a publicação desta matéria o suspeito ainda não havia sido localizado.