Vida Urbana


Casos de acidentes com carros aumentam em 11% no Trauma de CG

Maioria das vítimas apresentam traumatismo e fraturas.




Giovannia Brito-TV Paraíba
Giovannia Brito-TV Paraíba
Número de atendimentos de janeiro a junho deste ano, corresponde ao total de 574 vítimas

O número de atendimentos a vítimas de acidentes automobilísticos no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande cresceu 11% durante o primeiro semestre deste ano, comparado ao mesmo período de 2016. 
 
De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital, o número de atendimentos de janeiro a junho deste ano, corresponde ao total de 574 vítimas envolvidas em casos de acidentes com veículos.
 
Os casos são referentes ao município de Campina Grande e outras cidades do estado, incluindo a região do Sertão que realiza o encaminhamento de pacientes com o estado de saúde considerado grave.Em relação ao primeiro semestre de 2016, os números contabilizaram o atendimento a 510 vítimas.
 
Segundo o diretor-geral do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, Geraldo Medeiros, o número é considerando dentro da estimativa esperava em questão do aumento de veículos. “Esse atendimento ocorre sempre com maior incidência, porque é natural o aumento de veículos e pessoas no trânsito. Infelizmente, o aumento representa uma realidade negativa, mas o hospital está preparado para atender a demanda”, ressaltou.
 
A maioria das vítimas de acidentes de veículos que são atendidas pelo Hospital apresentam o quadro de saúde com traumatismo, fraturas expostas em braços e pernas e outros casos de ferimentos.