Vida Urbana


Diferença de preços do gás de cozinha chega a R$ 10 em João Pessoa

Preços vão de R$ 50 a R$ 60; pesquisa levantou, ainda, valor do garrafão de água.




O preço do botijão de gás de cozinha pode variar até R$ 10 (20%) em João Pessoa, de acordo com pesquisa da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) divulgada nesta sexta-feira (14). O valor do botijão oscila entre R$ 50 e R$ 60.

Foram levantados valores do produto das marcas Brasilgás, Liquigás, Supergasbras, Nacional Gás e Ultra Gás. Confira o levantamento completo.

A pesquisa foi realizada nos seguintes estabelecimentos: Depósito Pecorelli (Jaguaribe); Mercadinho Pontes (Jardim Planalto); Zé do Gá e Pereira Gás (Ilha do Bispo); Depósito do Neto (Alto do Mateus); Nunes Gás e Postos Bancários (Bancários); Depósito D’Almir (Bairro dos Estados); Posto Expressão (Bessa); Brito Distribuidora (Expedicionários); Mercadinho Pedro Gondim (Pedro Gondim); Hugo Gás e Unigás (Geisel); Beto Gás (Monsenhor Magno); Gravatá Gás (Valentina I); Melhor Gás (Mangabeira I); Nilda Gás (Castelo Branco): Isaquiel Gás (Miramar); Posto ALE (Bairro das Indústrias) e Tambaú Gás (Manaíra).

O Procon-JP pesquisou também os preços para o garrafão de água mineral de 20 litros. A variação de preços chega a 33,3% nos pontos de revenda de João Pessoa; O maior valor foi encontrado na marca Indaiá, R$ 10,00, e, o menor, R$ 6,00, nas marcas Sublime, Itacoatiara e Platina.

Os estabelecimentos estão comercializando a marca Indaiá com os preços variando entre R$ 8,00 e R$ 10,00; a marca Itacoatiara entre R$ 6,00 e R$ 7,00; a Sublime entre R$ 6,00 e R$ 8,00; e a Platina está com o preço único de R$ 6,00. Veja a pesquisa completa.

O Procon-JP pesquisou preços em 13 estabelecimentos: Posto ALE (Bairro das Indústrias); Hugo Gás e Unigás (Geisel); Depósito do Beto (Monsenhor Magno); Mercadinho Pedro Gondim (Pedro Gondim); Nilda Gás (Castelo Branco); Depósito D’Almir (Bairro dos Estados); Depósito Nunes e Posto Bancários (Bancários); Mercadinho Pontes (Jardim Planalto); Depósito do Neto (Alto do Mateus); Gravatá Gás (Valentina I); e Isaquiel Gás (Miramar).