Vida Urbana


Caixa só retoma linha de crédito mais barata para compra de imóveis no próximo ano

Modalidade de financiamento está suspensa por falta de recursos.  




A Caixa Econômica Federal informou nesta sexta-feira (7) que as novas contratações da linha de crédito Pró-Cotista, destinada à compra de imóveis com juros menores por pessoas que têm conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), só serão retomadas no ano que vem. A modalidade de financiamento está suspensa desde junho, por falta de recursos.

Segundo a Caixa, os recursos disponibilizados para essa linha neste ano já foram utilizados. No primeiro semestre, foram emprestados mais recursos do que em todo ano de 2015, diz o banco.

A Caixa esclareceu, no entanto, que a falta de recursos não está ligada à liberação das contas inativas do FGTS. “O saque por parte do trabalhador faz parte do modelo conceitual do FGTS e não fragiliza a capacidade de investimentos, autorizados pelo Conselho Curador do FGTS, nas áreas de saneamento, infraestrutura e habitação”, afirma a Caixa, em comunicado.

A Pró-Cotista é uma linha de crédito imobiliário mais barata, com exceção do programa Minha Casa, Minha Vida. A taxa de juros é de 8,66% ao ano.