Vida Urbana


Quadra Poliesportiva é demolida em Cabedelo por oferecer risco de desabamento

Prefeito pretende fazer outro equipamento em parceria com a iniciativa privada. 




A Secretaria de Infraestrutura de Cabedelo (Seinfra) deu início, nesta quinta-feira (6), aos serviços de demolição da coberta e estruturas metálicas da Quadra Poliesportiva do Poço, situada na Rua Leonor Viana. O equipamento foi interditado pela Defesa Civil em fevereiro por não ter mais condições de uso como açãopreventiva, já que toda a estrutura do ginásio está comprometida, com risco de desabamento.

A intervenção teve início com o desligamento e remoção de toda a parte elétrica e conexões hidráulicas existentes. Os serviços, devido às características do material das estruturas, deverão ser executados ao longo dos próximos dias e por pessoal especializado.

A prefeitura de Cabedelo informou que já tem  tem projeto de reforma e requalificação, aguardando apenas definição de uma Parceria Público-Privada (PPP) para execução das obras, previstas para este ano. O projeto integra o plano macro definido pelo prefeito Leto Viana para recuperação de todos os equipamentos poliesportivos de Cabedelo, a exemplo das quadras poliesportivas de Campina da Vila, Renascer II, Renascer III e Jardim Oceania.

“A intervenção se faz necessária de imediato dado o grau de comprometimento das estruturas do equipamento, já fortemente atingidas pelas chuvas e ventos recentes, com evidente risco de desabamento. Entretanto, estamos determinados na execução das obras de recuperação previstas, devolvendo à população do Bairro do Poço importantes equipamentos, a exemplo da já renovada USF Leonor Viana, inaugurada em 2015, e da Escola, agora Modelo, Miranda Burity, a ser entregue brevemente, totalmente reformada, ampliada e reequipada”, comentou a secretária Érika Gusmão.