Vida Urbana

STTP cancela multa a motociclista por "uso" de cinto de segurança

Autarquia explica que houve falha humana no preenchimento do talão manual. 




Após ser denunciada por ter multado um motociclista pelo “uso” de cinto de segurança em Campina Grande, a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) explicou em nota que houve falha humana por parte de um agente. Diante disto, a multa foi cancelada.

“A autarquia de trânsito informa ainda que houve uma falha humana, visto que, a notificação foi feita através de um talão manual, que oferecia essas duas opções, não usar capacete e não usar cinto de segurança”, esclarece.

Veja a nota

Em respeito à opinião pública, a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), esclarece sobre uma multa de trânsito aplicada a um motociclista por um de seus agentes, pelo não “uso do cinto de segurança”, que:

1 - Se faz necessário informar à imprensa e a sociedade campinense que a referida multa não trará nenhum prejuízo para o cidadão multado, pois a infração, ao entrar no sistema de forma equivocada, automaticamente foi cancelada;

2 - A autarquia de trânsito informa ainda que houve uma falha humana, visto que, a notificação foi feita através de um talão manual, que oferecia essas duas opções, não usar capacete e não usar cinto de segurança;

3 - Mesmo assim será instaurado procedimento administrativo para apurar o fato, no sentido de oferecer cada vez mais transparência nas ações do órgão. 

4 - Para evitar quaisquer erros desta natureza está em fase de implantação o uso de talonário eletrônico, que em breve vai automatizar todos estes serviços;

5 - Por fim, se faz necessário dizer que Campina Grande é uma das únicas cidades do Brasil que oferece descontos de 40 por cento para quitação de infrações de trânsito, o que mostra que a cidade procura atingir, através de seu órgão gestor de trânsito, mais segurança, eficiência e humanização para os condutores.