Vida Urbana

Homem é preso fazendo prova de outra pessoa no Detran

Suspeito cobrava entre R$ 150 e R$ 200 por prova realizada..




Um homem de 35 anos foi preso realizando uma prova do Detran de outra pessoa na manhã desta quarta-feira (5), em João Pessoa. Segundo o corregedor do Departamento de Trânsito da Paraíba, Valberto Lira Júnior, o homem fazia uma outra pessoa que deu entrada no processo em Campina Grande. O suspeito foi encontrado com provas de mais outras 12 pessoas e que ele cobrava entre R$ 150 e R$ 200 por prova realizada.

“Essa mesma pessoa já foi presa nas dependências do Detran de Campina Grande, em 2014, por estar com o Renach [Registro Nacional de Carteiras de Habilitação] e mais documentos de outras pessoas”, conta o corregedor.

Segundo ele, a investigação foi realizada porque o Detran percebeu um número muito grande de pessoas que davam entrada no processo de retirada da Carteira Nacional de Habilitação em Campina Grande e vinham fazer as provas em João Pessoa. "O que não tem necessidade, pois tudo por ser feito lá”, explica.

Valberto acredita que a vinda do homem para a capital se dá pela demanda, que em João Pessoa é maior que no interior, e por ainda não ser conhecido na capital. O suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes, no bairro Geisel, zona Sul de João Pessoa.