Vida Urbana


'Luiza do Canadá' é incluída em livro dos maiores memes da internet no Brasil

'O tempo todo eu sou Luiza do Canadá', revela a paraibana Luíza Rabello; meme faz mais de 5 anos.  




Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube
Meme surgiu em janeiro de 2012, durante o anúncio de um empreendimento imobiliário de João Pessoa

A paraibana Luíza Rabello, de 22 anos, popularmente conhecida pelo meme Luiza do Canadá, foi incluída no livro 'Os 198 maiores memes brasileiros que você respeita', primeira enciclopédia destinada a compilar os principais memes - piadas visuais compartilhadas de maneira viral na internet - da história da internet brasileira, escrita pelo jornalista Kleyson Barbosa. O autor trata Luiza como uma das pioneiras da popularização do meme na internet brasileira.

O livro explica a origem e o contexto de cada um dos memes de A a Z, desde as produções anteriores à hegemonia das redes sociais até os hits mais recentes de 2017. Desde 2011 aumentaram as pesquisas pela palavra "meme" no Google. E no Brasil, desde o surgimento do bordão "Luiza, que está no Canadá", o termo passou a ganhar cada vez mais espaço.

O meme surgiu em janeiro de 2012, quando o colunista Gerardo Rabello, pai de Luiza, estrelou na TV o anúncio de um empreendimento imobiliário em João Pessoa. Ele aparece ao lado da família para falar sobre o projeto. Gerardo estava falando que todos da família Rabello estavam presentes para recomendar o negócio, quando soltou: "Menos Luiza, que está no Canadá". A frase aleatória, que para muitos ficou sem sentido dentro do comercial, se espalhou na internet. Assista o meme 'Luiza do Canadá' no vídeo:

 
Entrevista com Luíza do Canadá
Luíza Rabello, que estuda Odontologia atualmente, revelou que não sabia da inclusão de seu meme no livro até a conversa com a reportagem do JORNAL DA PARAÍBA. Ela diz que acha o fato muito engraçado e foi a partir de sua história que teve o primeiro contato com essa cultura da internet. "Quando surgiu a história eu nem sabia o que era meme, então pra mim foi o primeiro contato que tive com um meme. Depois do surgimento [desse meme], eu já pude ver vários outros; tudo que rola é um meme diferente. As decisões dos políticos, programas, famosos, [o meme] ficou muito mais popular depois disso", disse Luiza.

Já sobre ser tratada como pioneira dos memes no Brasil, pelo autor Kleyson Barbosa, a paraibana revela não saber como lidar com o 'título'. "Eu não sei nem o que dizer. Não foi pretensão, algo do tipo 'Ah, eu vou criar isso, vou ser pioneira', não foi. É uma supresa, é muito louco de pensar com relação a isso, foi do nada. Foi algo da vontade de Deus", afirmou.

'O tempo todo sou Luíza do Canadá'

Segundo Luíza, o reconhecimento foi e é muito maior fora de João Pessoa, sua cidade natal. "Em João Pessoa não deram muita bola, mas quando viajo para fora da cidade, é algo muito maior", revelou. A jovem crê que pela família já ser conhecida na cidade - ela é filha do colunista social Gerardo Rabello - o caso não rendeu tanto por aqui.

Ainda hoje a história rende piadas e situações engraçadas para a paraibana. "O tempo todo eu sou 'Luiza do Canadá'. Vai ficar para sempre. Em 2018 vai fazer 6 anos, e ainda não esqueceram. Na igreja, na faculdade, na família, em lugares que tem muita gente, eu sou Luiza da Canadá", comentou aos risos.

E no começo da história, ela não gostava de ser 'Luiza do Canadá', mas com o tempo foi se acostumando. Luíza Rabello diz que hoje em dia não rechaça o "novo nome" e é até natural. "Tenho orgulho por tudo que passei e aconteceu na minha vida, e como meu pai lidou com a situação", destacou.