Vida Urbana


Prefeito pede reembolso de R$ 40 mil a Luan Estilizado por show cancelado

Empresário de Luan Estilizado conversou com o JORNAL DA PARAÍBA.




O prefeito de Boqueirão, João Paulo Segundo (PSD), está reivindicando reembolso do cachê de R$ 40 mil pagos ao cantor paraibano Luan Estilizado para realização de um show no dia 25 de junho, durante o São João da cidade, e que foi cancelado por conta de conflito na agenda do artista. João Paulo publicou o contrato e uma nota em uma rede social na noite de domingo (2). 

Conforme o gestor no contrato está especificado o horário do show do artista, que seria às 23h50 do dia 25 de junho, que não aconteceu. Após o cancelamento do show, segundo a publicação do prefeito, a produção de Luan Estilizado remarcou para o dia 13 de julho uma nova apresentação no município.

Porém, para o gestor, a data seria inviável para o povo boqueirãoense. "Jamais concordei [com a nova data] quando fiquei ciente na segunda-feira, Boqueirão merece respeito, uma festa numa quinta-feira onde todos são trabalhadores não seria viável", afirmou João Paulo.

O prefeito então pede reembolso do valor pago a Luan Estilizado. "Quem escolhe o dia de fazer festa na nossa Cidade não é o cantor que está sendo PAGO e sim o povo que em sua maioria não achou certo numa quinta. Pedimos a devolução do dinheiro", enfatizou.

O que diz o empresário de Luan Estilizado

Segundo Fábio Almeida, empresário de Luan Estilizado, o horário acertado era diferente do que está no contrato divulgado nas redes sociais pelo prefeito João Paulo Segundo. "Quando acertamos o show, quem fechou foi um secretário, ficou acertado o show às 3h, e não sabíamos de restrição de horário. Na quinta-feira, esse secretário disse que havia uma restrição e só poderia shows na cidade até 2h. Eu fui claro com eles, disse que Luan não chegava antes das 3h, e ficamos nesse impasse", relatou; acrescentando que em cinco anos de estrada o artista paraibano nunca perdeu um show.

No domingo, dia marcado para o show, Fábio disse que Luan não chegaria a tempo para a apresentação na cidade, com isso, acertou-se entra as partes um novo show. "Acertamos de dar um show em outra data, lançamos opções de datas, porque em julho temos 26 shows, passamos as datas livres e acertamos o dia 13 de julho; ficou tudo certo", afirmou Almeida. 

Sobre a publicação do prefeito e o pedido de reembolso, o empresário diz que a banda foi surpreendida. "Fomos surpreendidos com ele pedindo o dinheiro de volta, e a gente tem que aceitar. O dinheiro inclusive já foi devolvido. Eu mesmo falei com ele, e disse que está tudo bem, devolvemos já o dinheiro. Para fazer política não queremos, e está tudo bem", finalizou Almeida. Com isso, não vai haver show de Luan Estilizado em Boqueirão em uma nova data.