Vida Urbana

Corpo carbonizado é encontrado em Coqueirinho

Parte do corpo estava em estado avançado de decomposição.




 Um corpo parcialmente carbonizado de um homem foi encontrado na praia de Coqueirinho, no município do Conde, Litoral Sul da Paraíba, na manhã desta quinta-feira (29). Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, o homem foi encontrado por pessoas que passavam pela ladeira alternativa de acesso à praia. Além de carbonizado, parte do corpo estava em estado avançado de decomposição por ação de animais.

A delegada do núcleo de homicídios do Litoral Sul, Flávia Assad, explicou que o corpo apresentava sinais de ter sido morto em outro local e ter sido desovado no local. Exames do Instituto de Polícia Científica (IPC) indicaram, a princípio, que o homem foi morto há cerca de três dias. Pelo estágio de decomposição e por não portar nenhum documento, não foi possível identificar a vítima.

“Sabemos que é do sexo masculino, que usava aparelho ortodôntico e tinha duas tatuagens: uma com o nome Guilherme nas costas e outra na coxa direita, com o nome Evandro. Pedimos inclusive que se alguém tem um familiar que está desaparecido e coincide com as mesmas características, compareça até o Gemol [Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal] para reconhecer o corpo”, explicou a delegada.

Ainda de acordo com Flávia Assad, houve uma tentativa de destruir o corpo com fogo, mas as chuvas que atingiram o litoral paraibano nesta semana impediram que a vítima ficasse completamente carbonizada. “Não tivemos notificação de pessoas desaparecidas nessa área e os exames do IPC apontam que o corpo foi ‘desovado”, completou Flávia Assad.

O corpo foi encaminhado para o Gemol em João Pessoa e até o início da tarde desta quinta-feira (29) não tinha sido identificado. A vítima estava a cerca de um quilômetro da praia de Coqueirinho, segundo a polícia.