Vida Urbana

Trio faz arrastão em sítio e mata pássaro de estimação de família

Calopsita foi decapitada e colocada dentro da geladeira. 




Reprodução/TV Paraíba
Reprodução/TV Paraíba

Uma família viveu momentos de terror na última segunda-feira (26) no sítio Lagoa Grande, que fica na zona rural de Puxinanã, cidade do Agreste paraibano. Os bandidos invadiram as casas, destruíram objetos e mataram a calopsita de estimação da família, que em seguida foi deixada dentro da geladeira da casa. 

A família mora na mesma propriedade em três casas e estavam todos reunidos em uma única casa quando o arrastão dos bandidos aconteceu. Com medo do bando, que já assaltou outros agricultores da região, a família decidiu que vai se mudar do sítio

A família estava reunida em uma casa e os assaltantes aproveitaram para invadir as outras duas. Na primeira casa eles bagunçaram os quartos, rasgaram o sofá da sala, abriram pacotes de comida e jogaram no chão e por fim decapitaram a calopsita de estimação da família. De acordo com uma das moradoras da casa, os bandidos colocaram o pássaro no fogão e depois na geladeira, a cabeça de um lado e o corpo do outro. 

"Arrancaram a cabeça dele, aí colocaram dentro do fogão e depois colocaram dentro da geladeira onde estava a carne preparada. Botaram o corpinho dele de um lado e a cabeça do outro", disse uma das moradoras da casa invadida, que não quis se identificar. 

Na segunda casa, os bandidos invadiram pela porta dos fundos e roubaram um vídeogame, em seguida foram para a casa onde estava a família e ameaçaram a todos. Os bandidos levaram objetos da casa e fugiram em um carro que havia sido alugado pela família roubada.

Na fuga, quando passaram pela primeira casa para pegar os objetos que tinham roubado, os assaltantes renderam outro agricultor que passava pela estrada, o agricultor já tinha sido assaltado pelo mesmo grupo na semana passada.