Vida Urbana

STTP faz recadastramento de pessoas com deficiência em CG

Deficientes que utilizam os ônibus de CG devem ficar atentos para não perder gratuidade. 




Fotos: Francisco França e Rizemberg Felipe
Fotos: Francisco França e Rizemberg Felipe
Usuários devem ficar atentos ao prazo de recadastramento que está sendo realizado até a próxima sexta-feira

As pessoas com deficiência que usam o serviço de transporte público de Campina Grande e são beneficiadas com a gratuidade, devem ficar atentos ao prazo de recadastramento que está sendo realizado até a próxima sexta-feira (30) pela Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STTP). O recadastramento começou desde março, mas de acordo com a STTP ainda não atingiu 60% do total previsto dos beneficiários, que podem perder a concessão da gratuidade no transporte coletivo, caso não entreguem a documentação necessária. 

Os interessados devem procurar o setor de gratuidade da STTP, no horário das 12 às 17hs, apenas na segunda e terça-feira, levando os seguintes documentos:
 
 - RG
 - CPF
 - Comprovante de residência (casa alugada deve portar cópia do contrato autenticada) no nome da pessoa que vai fazer a pericia médica
 - Cartão do SUS atualizado
 - Laudo médico com CID10 – em caso de surdez acrescentar audiometria
 - Tipo sanguíneo.
 

O calendário de avaliação médica, também iniciado em março, vai até o final do mês, necessitando a observação das datas do agendamento de acordo com a entrega de documentação.

O recadastramento é necessário para a troca das carteiras de gratuidade que estarão se vencendo. Dessa forma, os usuários com diversas deficiências e gratuidade aprovada, por meio de perícias médicas, receberão as carteiras atualizadas, com livre acesso no transporte coletivo.