Vida Urbana

Sob homenagens, corpo da cantora Eliza Clívia é enterrado em Livramento

Ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró morreu em um acidente de carro em Sergipe.




Henrique Epifânio/TV Paraíba
 Henrique Epifânio/TV Paraíba
Várias pessoas foram se despedir da ex-vocalista do Cavaleiros do Forró

O corpo da cantora paraibana Eliza Clívia foi enterrado no final da tarde de domingo (18) no Cemitério ds Saudade, em Livramento, no Cariri paraibano, cidade onde ela nasceu e a família reside.

A cantora, ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró, e o marido, o baterista Sérgio Ramos, morreram em um acidente de carro na tarde sexta-feira (16), no Centro de Aracaju, em Sergipe. O carro em que eles estavam bateu em um ônibus. Outras três pessoas que estavam no veículo ficaram feridas.

O corpo de Eliza foi velado durante todo o domingo no Palhoção do Forró, local onde acontecem os grandes eventos públicos da cidade. Familiares, amigos e fãs da cantora, incluindo de outras cidades e estados, passaram por Livramento para prestar as últimas homenagens. A prefeita de Livramento, Carmelita Ventira, que é prima de Eliza, decretou luto oficial de três dias no município.

Eliza e a música

Eliza Clívia entrou no forró influenciada pelo pai sanfoneiro. A paraibana começou a carreira de cantora em Monteiro, onde participou do grupo Big Banda, que depois mudou o nome para Laços de Amor. A projeção na carreira veio em 2003, quando ingressou na banda Cavaleiros do Forró, onde permaneceu por dez anos. Após problemas na banda, ela entrou no grupo Forró Cavalo de Aço. Em 2017, a cantora anunciou desligamento da banda para investir na carreira solo, iniciada há quatro meses.

Vários forrozeiros usaram as redes sociais para lamentar a morte de Eliza Clívia. “O Forró está de luto. Muita luz para todos os familiares, amigos e fãs da Eliza Clívia, que se vai de forma tão inesperada, mas deixa sua marca no nosso forró com lindas canções”, disse o cantor Wesley Safadão. “ Hoje, o forró se despede de uma parceira muito querida. Eliza Clívia nos deixa, mas sua voz segue embalando os forrozeiros Brasil afora”, publicou Xand, vocalista da Aviões do Forró.