Vida Urbana

CG atinge meta de vacinação contra gripe e amplia campanha para toda a população

Campanha ampliada termina na próxima sexta-feira (9) em todos os postos de saúde da cidade.




Arquivo
Arquivo

Mais de 90% do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe foram vacinados na cidade de Campina Grande. A informação é da Secretaria de Saúde do município que ainda revelou que 71.889 pessoas foram imunizadas, o que corresponde a 90,49% do público. Com a meta atingida, a vacinação será aberta para toda a população,seguindo a orientação do Ministério da Saúde

A decisão foi tomada na reunião do Conselho de Secretários Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems), que aconteceu na segunda-feira (5) em Campina Grande, no Sítio São João. A campanha termina na próxima sexta-feira (9) e os postos passam a ofertar a vacina para qualquer cidadão.

Os trabalhadores em saúde formam o grupo prioritário que mais foi imunizado proporcionalmente. Foram vacinados 99,22% dos profissionais. Os idosos também ultrapassaram a meta, com mais de 98% imunizados. As gestantes e as mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias ainda estão distante de atingir os 90%. Apenas 79,75% das grávidas e 83,93% das puérperas (mães que deram à luz recentemente) se vacinaram. As crianças formam o grupo que menos procurou as unidades de saúde para a vacinação. Apenas 71,06% crianças na faixa etária adequada foram imunizadas.

“Enquanto dispormos de estoque de doses, ofertaremos a vacina para todos”, explicou a Secretária Municipal de Saúde, Luzia Pinto.

A vacina protege contra três subtipos da gripe, incluindo a H1N1. A única contraindicação é para os alérgicos ao ovo e os efeitos colaterais são sutis, como vermelhidão e uma pequena dor na região da aplicação da injeção. Mesmo quem se vacinou em anos anteriores, precisa se vacinar de novo e as crianças tomam duas doses com um intervalo de 30 dias entre uma e outra.

Vacinação para todos

O governo federal anunciou na sexta-feira (2) a decisão de liberar a vacina contra a gripe para toda a população do país, a partir de segunda-feira. De acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a medida só vale este ano e enquanto durarem os estoques.

No domingo (4), a Secretaria de Saúde do Estado divulgou uma nota esclarecendo que manteria a vacinação apenas para o público-alvo já definido. A pasta informou que a ampliação da oferta para outros grupos dependeria de análise técnica a ser realizada em consenso com os municípios.

Além de Campina Grande, o município de Bayeux, na Grande João Pessoa, também anunciou a liberação da vacinação para toda a população.