Vida Urbana

Estudante é baleado na porta de escola por dupla em moto

Caso foi tratado como tentativa de assalto, mas vítima contou outra versão.




Reprodução/TV Cabo Branco
Reprodução/TV Cabo Branco
Motivo do crime teria sido uma desavença que eles tiveram na escola

Um estudante de 16 anos foi baleado por duas pessoas em um motocicleta no início da noite de quinta-feira (18) na saída de uma escola pública no bairro do Jardim Planalto, em João Pessoa. Conforme a Polícia Militar, o passageiro da motocicleta desceu, se aproximou do adolescente e atirou. O disparo da arma de fogo atingiu a boca do estudante, que voltou à escola e pediu socorro.

O adolescente foi socorrido pelo Samu e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Conforme boletim médico divulgado no início da manhã desta sexta-feira (19), ele passou por procedimentos médicos e segue internado em estado de saúde considerado regular.

A Polícia Militar prendeu um jovem de 22 anos suspeito de participar da tentativa de homicídio contra o estudante. A primeira versão repassada pela polícia era de que o adolescente havia sido baleado em uma tentativa de assalto, mas após relatos do estudante, a polícia identificou o caso como uma tentativa de homicídio, após a informação de que um dos suspeitos seria aluno da escola.

De acordo com o tenente Borges Neto, do 1º Batalhão, o suspeito foi preso no Bairro dos Novais. “Logo após o crime, levantamos a informação de que um dos suspeitos era também aluno da escola, inclusive reconhecido pela própria vítima. Passamos a realizar buscas e conseguimos localizar o suspeito no Bairro dos Novais, escondido em uma casa”, disse.

O oficial contou que o motivo do crime teria sido uma desavença que eles tiveram na escola. “Tanto o suspeito quanto a vítima relataram que o motivo seria porque os dois estavam se ‘encarando’ demais, o que eles interpretaram como uma ameaça, mas que não levaram nem à direção da escola e nem aos policiais que fazem a ronda na unidade de ensino, até que um decidiu resolver tentando matar o outro”, completou.

A arma usada no crime e o segundo suspeito, que estava na moto no momento da ação, não foram localizados. O suspeito que foi preso foi autuado por tentativa de homicídio na Central de Polícia Civil, no Geisel.