Vida Urbana

Último suspeito preso na Operação Gabarito chega a João Pessoa

 Ele foi encaminhado à Central de Polícia, no Geisel, por volta das 19h.




Reprodução/TV Cabo Branco
Reprodução/TV Cabo Branco
Suspeito foi preso em uma ação conjunta das polícias civis de Alagoas e Paraíba

O último foragido da Operação Gabarito, que foi preso em Maceió na última quarta-feira (17), chegou em João Pessoa na noite desta quinta (18). Erideywyd Henrique Omena Ferreira da Silva é suspeito integrar um esquema de fraudes em concursos públicos que acontecia há 12 anos em estados do Nordeste. Ele foi encaminhado à Central de Polícia, no Geisel, por volta das 19h.

O suspeito foi preso em uma ação conjunta das polícias civis de Alagoas e Paraíba. De acordo com o delegado Lucas Sá, da Delegacia de Defraudações de João Pessoa, Erideywyd foi encontrado na casa do irmão e estava escondido dentro de um guarda-roupas.

“O suspeito estava nessa residência desde a primeira fase da operação. Ele foi localizado pelo setor de inteligência da Polícia Civil alagoana, e não resistiu à voz de prisão. Estávamos em diligência para prendê-lo desde que a prisão foi decretada, no último dia 12 de maio”, afirmou Sá logo após a prisão.

A Polícia Civil ressaltou que Erideywyd era um dos responsáveis pela logística da quadrilha, ao lado de outro suspeito identificado como José Marcelino. Segundo a PC, Eles contratavam interessados e executavam a instalação e explicavam o funcionamento dos pontos eletrônicos utilizados durante as provas.

Fora isso, o suspeito preso repassava as respostas aos candidatos que estavam envolvidos no esquema, chegando a ter se inscrito como candidato em alguns. Ele já havia sido preso em flagrante em 2014 por ter fraudado um concurso para auditor fiscal. A polícia informou também que Erideywyd havia sido aprovado em oito concursos, todos fraudados pela quadrilha.