Vida Urbana


Após teto desabar, alunos protestam por reforma em escola pública no Sertão

Aulas continuam e alunos temem tragédia; direção diz haverá reforma.   




Divulgação/ValenewsPB
Divulgação/ValenewsPB
Parte do teto de escola estadual em Piancó desabou na quinta-feira (13)

Cinco dias após o desabamento de parte do teto e nenhuma providência concreta, estudantes da Escola Estadual Santo Antonio, em Piancó, no Sertão, realizaram nesta terça-feira(18) um protesto, reivindicando reformas na estrutura do prédio. Segundo os alunos, existem rachaduras e cupins em alguns setores da escola. Eles também dizem que a construção é antiga e precisa de uma reforma urgente.

O teto da escola na madrugada de quarta-feira (13). Os destroços danificaram alguns aparelhos de informática e uma imagem de Santo Antonio, localizada em um dos principais corredores da escola.

De acordo com o estudante Anderson Augusto, os alunos estão com receio de voltar as aulas. “O teto do corredor e uma ala da secretaria desabaram. Queremos garantias que as salas de aula estejam seguras, caso contrário, queremos ir para outro local. Alguém que entenda de construção civil tem que nos passar essa segurança”, frisou Anderson

Reforma

A diretora da escola Edileusa Rufino revelou que comunicou o fato a Maria do Carmo Barbosa, gerente da 7ª Região de Ensino no Vale do Pincó. Esta esteve no local, constatou e passou o ocorrido para a secretaria de Educação do Estado.

Uma força tarefa esteve na escola. Um engenheiro da Suplan deve visitar a escola esta semana A parte danificada será reforma, além de outros locais, informou a diretora.

Apesar da situação, as aulas não foram canceladas e segue funcionando normalmente. A diretora informou que, professores e funcionários, seguem a rotina de trabalho.