Vida Urbana

Estagiário tem mais chances se adotar postura profissional

Dedicar-se e ter proatividade são características que os estagiários devem ter nas empresas.



Sair da faculdade direto para o mercado de trabalho pode ser possível através dos estágios, mas é preciso que se tenha uma série de condutas para que as possibilidades de contratação aumentem. Adorar uma postura profissional, por exemplo, foi o que fez o recém-formado em administração André Tássio Dantas, 23 anos, iniciar o ano de 2017 como funcionário da mesma faculdade onde estudou e estagiou.

André começou a fazer faculdade em 2012 e no quarto período do curso participou da seleção para estagiar no setor de marketing da instituição. Disputou a vaga com outros dois fortes concorrentes e se sobressaiu por acreditar ter uma característica fundamental que todo estagiário deveria ter: ser proativo. Após quase dois anos se dedicando ao estágio e colocando em prática o que aprendia no curso, André recebeu a notícia de que seria contratado.

Finalizou o estágio em uma sexta-feira e já começou a trabalhar como funcionário na segunda, como auxiliar administrativo da empresa. Hoje, carrega a recompensa de ter feito do estágio a alternativa para crescer como profissional. Em pouco tempo de trabalho, André já pensa em alcançar novas conquistas. “O plano agora é se organizar na vida. Conquistar uma casa e ser promovido mais pra frente. Almejo sempre algo maior, com dedicação foco e sem cair na rotina”, pontuou.

“Obtive uma experiência única que está me servindo muito, tanto na vida profissional quanto na pessoal. Aprendi coisas que me ajudaram na formação de meu caráter profissional e a tomar decisões mais seguras, tendo uma visão do todo de uma instituição” completou.

A contratação de André é mais um exemplo de que em meio a um cenário de altos índices de desemprego é possível se inserir no mercado de trabalho competitivo. “André sempre foi proativo, comunicativo, e com uma facilidade única de trabalhar em equipe. Quando ele terminou o curso, consequentemente sairia da condição de estagiário, nós percebemos que ele ainda tem muito a crescer como profissional, como pessoa e nós estamos felizes por fazer parte de história de sucesso de um dos nossos alunos, afirmou a diretora da unidade que o contratou, Marina Barros.

André agora é auxiliar administrativo da faculdade onde estudou e estagiou (Crédito: Léo Guilherme)


Empresas buscam novos profissionais no mercado

Conforme explicou o auxiliar administrativo do Centro Integrado Empresa-Escola (Ciee), responsável por recrutar estagiários, Romário Trigueiro, muitas vezes os estagiários acabam não aproveitando o período de estágio por entenderem que é um contrato com limite estabelecido. Contudo, Trigueiro explica que é importante que se tenha a postura profissional e motivadora, isso porque a maioria das empresas buscam novos profissionais. “Normalmente as empresas tem preferencia por 'lapidar' o trabalhador e isso é possível com o estágio”, disse, acrescentando que há uma estimativa de que mais de 50% dos estagiários são contratados pelas empresas.

Vestir a camisa da empresa

Somente no mês de março, 2600 estudantes iniciaram estágios através do Ciee, conforme dados do centro, e a orientação dada aos futuros profissionais é que vistam a camisa da empresa. “O papel principal do estágio é fazer com que o estudante aprenda na prática o que na sala de aula ele aprendeu na teoria. Tem que sugerir ideias e ser proativo para que a probabilidade de ele ser contratado aumente já que a intenção das empresas é geralmente implantar a pessoas dentro da organização”, finalizou Romário Trigueiro.