Vida Urbana


Bancários da PB fazem paralisação contra reforma da Previdência

Ato aconteceu em agência do Banco do Brasil, no Centro de João Pessoa. 




Emmanuela Nunes/Ascom CUT-PB
Emmanuela Nunes/Ascom CUT-PB

O Sindicato dos Bancários da Paraíba promove uma paralisação e um protesto na manhã desta quarta-feira (15). O ato, que começou por volta das 10h, foi realizado na agência do Banco do Brasil na Praça 1817, no Centro de João Pessoa. Por volta das 11h, os manifestantes saíram do local e o atendimento voltou a ser feito normalmente.
 
A manifestação faz parte do Dia Nacional de Paralisação, ação convocada pela Central Única de Trabalhadores (CUT) contra a reforma da Previdência, que está em tramitação na Câmara Federal. À tarde, um grande ato público está previsto na capital paraibana, com concentração às 13h, em frente à sede da Previdência Social, na Lagoa, Centro.


De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Marcelo Alves, a categoria vai permanecer em frente à agência com cartazes e panfletos. "Nós estamos conversando com os clientes sobre a questão das reformas Trabalhista e da Previdência e defesa dos bancos públicos. O Banco do Brasil é um banco público, rentável, e deveria estar dando um retorno à população, mas o trabalho está sendo precarizado. Os funcionários trabalhando sob estresse", afirma.