Vida Urbana

Suspeito de assaltar ônibus e atirar contra passageiros é preso em João Pessoa

Mulher baleada durante o crime acabou morrendo no Hospital de Trauma. Adolescente está grave.



Foi preso pela Polícia Militar, no começo da manhã desta sexta-feira (10), um dos suspeitos de assaltar na quarta-feira (8) um ônibus coletivo, em João Pessoa, e balear um adolescente e uma mulher que estavam no veículo. Alisson Silvestre da Silva, de 24 anos, foi encontrado em uma casa, no bairro do Varadouro. De acordo com a PM, testemunhas confimaram que o homem foi o responsável pelos tiros. A mulher baleada acabou morrendo no hospital.

“As testemunhas apontam o suspeito como o único participante do assalto que estava armado, sendo ele o responsável pelos tiros que atingiram as vítimas. Alisson é do Alto do Mateus, tem ligação com o tráfico de drogas daquele bairro e tinha fugido para o centro no dia de ontem, mas através de informações conseguimos localizá-lo e prendê-lo em uma casa, próximo à Praça da Pedra” disse o comandante da 6ª Companhia do 1º Batalhão, capitão Antônio de Souza. Alisson é ex-presidiário, já cumpriu parte da pena por roubo no presídio do Róger, mas estava foragido do regime semiaberto.

Com ele, também foi apreendida uma adolescente de 15 anos, que seria a mulher que, segundo o motorista do ônibus, acenou para que o ônibus parasse em um local escuro e os suspeitos subissem para praticar a ação criminosa. O homem foi levado juntamente com a jovem para a Central de Polícia Civil, no Geisel. Outros dois suspeitos que participaram da ação criminosa estão sendo procurados.


O crime

O crime aconteceu em um ônibus da linha 110 -Jardim Planalto, quando o veículo passava pela via Acesso Oeste. Uma das vítimas, uma mulher de 42 anos, acabou morrendo no Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. O adolescente de 16 anos que também ficou ferido segue internado em estado grave, de acordo com o boletim divulgado na manhã desta sexta-feira (10).

De acordo com o relato do motorista à PM, os três suspeitos de participação no assalto se envolveram em um confusão com um outro grupo de quatro homens dentro do ônibus e isso resultou nos tiros, que teriam sido disparados por Alisson Silvestre.