Vida Urbana


Especialista esclarece dúvidas sobre assédio e abuso sexual

Advogada Emília Queiroz comenta, ainda, sobre como as vítimas devem proceder.




Com a chegada do Carnaval, questões sobre abuso sexual costumam vir à tona por causa do aumento de relatos de mulheres assediadas durante esse período.

Para esclarecer as dúvidas mais frequentes sobre o assunto, o JORNAL DA PARAÍBA conversou com a a advogada e especialista Emília Queiroz.

No papo, ela comenta sobre a diferença entre cantada e assédio, além de discutir se um beijo a força pode ser considerado estupro e o que a vítima pode fazer em caso de situações do tipo.