Vida Urbana

Grupo faz reféns e explode caixas eletrônicos em fábrica de CG

De acordo com a Polícia Militar, os bandidos estavam armados e usando máscaras. Suspeitos não foram localizados.



Pelo menos dois caixas eletrônicos, localizados no interior de uma fábrica de calçados, foram explodidos na madrugada desta quarta-feira (21), em Campina Grande. De acordo com as informações da Polícia Militar, o crime foi praticado por um grupo de quatro homens armados que chegou ao local em dois carros. A PM não soube informar o valor levado do local.

Conforme o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), o caso foi registrado por volta das 3h40 e os criminosos, que estavam fortemente armados e usando máscaras, tiveram acesso ao local após cortarem uma cerca. Os funcionários da fábrica foram feitos reféns durante a ação criminosa, mas não houve feridos.

Após o crime, o grupo fugiu nos dois veículos. A PM fez rondas pela região onde o crime aconteceu, mas até a publicação desta matéria não havia informações de que algum integrante do grupo tivesse sido preso ou identificado suspeito de participação nessa explosão.

Ataque aos Correios de Gurjão

Também na madrugada desta quarta-feira, uma agência dos Correios do município de Gurjão, no Cariri do Estado, foi arrombada. As primeiras informações da PM dão conta que vários homens violaram o estabelecimento e tentaram levar o cofre, mas não conseguiram e fugiram espalhando grampos em estradas. Ninguém foi preso.