Vida Urbana

Parque Tecnológico vai analisar qualidade da água de 115 açudes da Paraíba

TCE aprova dispensa de licitação de contrato com a Cagepa. 



Leonardo Silva
Leonardo Silva
Qualidade da água do açude de Boqueirão vai ser analisada

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba considerou regular processo de dispensa de licitação nº 189/2016, da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba para contratação, por R$ 3,4 milhões, de serviços de análise da qualidade da água em 115 mananciais de superfície no Estado, durante o período de um ano. O trabalho será feito pela Fundação Parque Tecnológico da Paraíba.

A ação do Parque Tecnológico consistirá de “análises mensais e semanais qualitativas e quantitativas de algas, cianobactérias, cianotoxinas (microsistinas e saxitoxinas), cilindrospermopsinas clorofilas em 115 (cento e quinze) mananciais de superfícies que serão amostrados mensalmente”, dos quais 53 (cinquenta e três) submetidos também a exames semanais de cianotoxinas.

Mesmo sabedor de que todo esse acompanhamento destina-se a atender recomendação do Ministério da Saúde, expressa na portaria nº 2914/2011, o conselheiro Nominando Diniz, relator do processo 11501/16, enalteceu a iniciativa da companhia em providenciar os serviços de análises destinados a prevenir os mananciais de eventuais contaminações.