Vida Urbana

Simpósio em João Pessoa discute uso terapêutico da maconha

Evento vai contar com pesquisadores, ONGs e pacientes.



João Pessoa recebe, nesta quinta-feira (30), o I Simpósio Cannabis Medicinal. O evento, que ocorre na faculdade Maurício de Nassau a partir das 19h, irá debater as utilizações terapêuticas da planta.

O simpósio vai contar com a presença de pesquisadores da erva, como o médico Pedro da Costa Mello;  a ONG Abrace, que apoia famílias que precisam fazer uso da planta; e uma mãe que tem um filho que faz o uso terapêutico da erva.

“A cannabis, comumente conhecida por maconha, carrega consigo o estigma de ser uma droga e, por isso, falar dela como uma terapia medicinal ainda é um tabu. Mas pesquisas já mostram um alto poder de atuação da cannabis no tratamento de algumas doenças, e levantar essa discussão abre os olhos da população para novas possibilidades do uso dessa planta”, destacou a professora de Enfermagem e uma das organizadoras do evento, Rayanne Santos. 

A entrada é franca, mas limitada a 420 lugares. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 2107-5011.

Confira a programação

18h – credenciamento;

19h – apresentação cultural e abertura do evento, com a diretora da unidade, Daniela Teixeira, a coordenadora do curso de Enfermagem, Kirlene Chianca, a professora, Rayanne Santos e a coordenadora Estadual de Saúde Mental, Shirlene Queiroz;

19h30 – formação da mesa com os palestrantes: professora  Katy Lísias Gondim, Líder do Grupo de Pesquisa do CNPq em Cannabis Medicinal; Pedro da Costa de Mello, abordando o tratamento em neuropatias com cannabis; Endy Lacet de Lucena Regis, pesquisadora da ONG ABRACE,abordando a pesquisa com o tratamento; Josefá Ivanilda Maia de Freitas, mãe de Jean Junior, que faz uso da cannabis há um ano; Cassiano Teixeira Gomes, diretor executivo da ABRACE, sobre a história da ONG e projetos futuros.