Vida Urbana

Operação apreende grande quantidade de armas e explosivos no Agreste

Segundo a Polícia Militar, apreenssão é uma das maiores da história da Paraíba.



Divulgação/Polícia Militar
Divulgação/Polícia Militar

Uma operação da Polícia Militar, na madrugada desta sexta-feira (25), resultou em uma das maiores apreensões de armas da história da Paraíba. A ação aconteceu nas cidades de Queimadas e Barra de Santana, ambas no Agreste paraibano. Duas pessoas foram presas com uma grande quantidade de armamentos e explosivos. Entre as armas estão seis fuzis.

Segundo a Polícia Militar, o material foi apreendido dentro de casas nos dois municípios. Os suspeitos presos estariam planejando explodir caixas eletrônicos de agências bancárias da região Agreste.

No total, foram encontrados seis fuzis, uma submetralhadora, cinco pistola, mais de 1.000 munições e nove coletes à prova de balas. Entre os explosivos, pelo menos 29 dinamites com detonadores estavam nos materiais. Grampos que são usados para serem espalhados em rodovias após as explosões, roupas camufladas e fantasias de palhaço também foram encontrados.

Nas propriedades, a PM achou três carros, um deles de luxo, e uma motocicleta. Eles seriam usados nas ações criminosas. Todo o resultado da apreensão e os dois homens presos foram levados para a Delegacia Seccional de Queimadas. De acordo com as investigações da polícia, o material pertencia a um grupo que atuava explodindo bancos em vários estados.