Vida Urbana

Deficiente mental é internado suspeito de estuprar criança

Caso aconteceu na terça-feira (22) e suspeito foi internado na quarta-feira (23). 



Um adolescente de 17 anos com deficiência mental, foi internado em uma clínica psiquiátrica de Campina Grande, na quarta-feira (23), após ser detido como suspeito de estuprar uma criança de 11 anos. O caso aconteceu na terça-feira (22), na cidade de Conceição, no Sertão do Estado.

Segundo as primeiras informações do delegado Glauber Fontes, o suspeito invadiu a casa da vítima e tentou praticou atos libidinosos com ela, quando não há a prática sexual propriamente dita. "Mesmo sem acontecer a conjunção carnal, nesses casos já fica configurado o estupro", explicou, completando que a menina foi salva por vizinhos.

O delegado informou também que foram identificados dois casos parecidos no levantamento feito no histórico do adolescente. O delegado informou que a Polícia Civil (PC) e o Ministério Público da Paraíba solicitaram a internação da jovem. "A medida foi necessária devido a gravidade do caso e ainda por causa histórico do rapaz. A partir de agora, ele vai ficar sendo acompanhado pela equipe médica", disse.