Vida Urbana

Cabedelo recebe Selo Unicef por ações em prol da criança

Esta é a terceira vez consecutiva que a cidade recebe o certificado da organização da ONU.



Pela terceira vez consecutiva, o município de Cabedelo recebe o reconhecimento do Unicef pelo trabalho que vem realizando em prol das crianças e dos adolescentes. O 'Selo Unicef – Município Aprovado' foi concedido à cidade, e a entrega oficial acontece no dia 1º de dezembro, no Centro Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.

O certificado é um reconhecimento internacional concedido aos municípios pelos avanços reais e positivos na vida de crianças e adolescentes, valorizando o esforço das gestões em ampliar e melhorar políticas públicas que promovam, protejam e realizem direitos de crianças e de adolescentes.

Segundo a Prefeitura Municipal de Cabedelo (PMC), dentre as atividades realizadas que foram destaques para a concessão do Selo está a Semana do Bebê, que aborda temas da primeira infância e atua junto aos órgãos competentes nas melhorias dos indicadores sociais.

Em Cabedelo alguns dados contribuíram para a concessão do certificado. Índices como o da Cobertura Vacinal Pentavalente, que em 2014 chegaram a 90,6%, e no ano passado atingiram os 92%. Além da proporção de crianças menores de quatro meses com aleitamento materno exclusivo, que conseguiu em 2015 atingir 72,59%, ultrapassando a meta do Estado, que é 66,41%.

“O Selo Unicef só demonstra que estamos no caminho certo. Muito se foi feito nos últimos três anos na cidade, buscando melhorias na qualidade de vida de nossas crianças e adolescentes. Mas muito ainda precisa ser feito", afirmou a articuladora do selo Unicef em Cabedelo, Nadja Santos Araújo. "Esse certificado corresponde a um conjunto de informações que levam a considerar a experiência como exitosa. O melhoramento dos indicadores sociais referentes à saúde e educação e a institucionalização da Semana do Bebê são os mais relevantes, além da capacidade do município de mobilizar a sociedade local para a importância da primeira infância”, finalizou.