Vida Urbana

Servidores da Saúde cobram salários atrasados em CG

Mobilização dos servidores aconteceu em frente ao gabinete do prefeito. 



Um grupo de servidores da saúde do município de Campina Grande, no Agreste do Estado, fez uma paralisação e protesto em frente ao gabinete do prefeito Romero Rodrigues, nesta terça-feira (22). O motivo, segundo a organização do ato, foi o atraso no pagamento dos salários dos servidores, referente ao mês de outubro deste ano. Secretaria de Saúde garantiu que já quitou o pagamento dos efetivos.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab), Nazito Pereira, o salário deveria ter sido pago no máximo até o quinto dia útil deste mês, em 8 de novembro. O sindicalista destacou que esta não é a primeira vez que a prefeitura atrasa o pagamento de salários.

“Foi uma boa mobilização para pressionar a prefeitura a pagar o que é de direito dos trabalhadores. Já havia atrasado outras vezes, mas já estamos no dia 22. Apenas agentes de saúde e de combate a endemias receberam. Já os médicos, enfermeiros e assistentes sociais estão sem receber”, disse Nazito Pereira. Ainda de acordo com o Sintab, uma nova paralisação está marcada para a próxima sexta-feira (25).

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde de Campina Grande, o pagamento da folha de salário dos servidores efetivos foi quitado na tarde nesta quinta-feira (22), mas os servidores contratados ainda não foram pagos.