Vida Urbana

Médico paraibano cria óculos que aumenta campo de visão

Invenção auxilia pacientes com visão periférica comprometida.



Socorro e Silva
Socorro e Silva
Cientista revela que foi uma grande pesquisa, que durou por volta de três anos

Para ajudar pacientes com a visão periférica comprometida, um cientista e oftamologista paraibano criou óculos que podem revolucionar o campo da ótica no Brasil. A invenção, desenvolvida pelo médico Oswaldo Travassos, tem a capacidade de aumentar o campo de visão, trazendo benefícios, principalmente, para pessoas que sofrem de doenças como o glaucoma.

A pesquisa, que durou três anos,  teve como objetivo criar um produto que fosse o mais próximo possível de um óculos comum, conforme Travassos. Ainda de acordo com ele, para ter acesso à invenção, o paciente precisa passar por um exame oftamológico normal, que vai indicar o ângulo do tubo ocular. Após os resultados dos exames, é iniciada a análise para criação da lente para as necessidades do indivíduo.

"No momento em que sabemos o tubo visual do paciente, estudamos as combinações de lentes para cada tubo. Neses tubos, jogamos as imagens periféricas que vão se formar no ângulo visível dele", explicou o cientista, ressaltando os benefícios de sua criação, refletidos nos depoimentos dos pacientes, que veem a rotina mudar de maneira drástica. 

"[Antes], olhavam um quadro e só viam uma parte desse quadro. Com cadeiras, diziam que viam só a parte de baixo e depois precisava subir a visão para ver o assento e depois o encosto".