Vida Urbana

PRF registra duas mortes e quatro acidentes graves nas rodovias da PB

Excesso de velocidade foi uma das infrações mais flagradas.



Duas pessoas morreram e quatro acidentes graves foram registrados nas rodovias federais que cortam a Paraíba durante o feriadão. O balanço da Operação Proclamação da República foi divulgado nesta quarta-feira (16) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). A mobilização com fiscalização intensificada durou cinco dias e terminou à meia-noite de terça-feira (15).

De acordo com a PRF, a operação foi considerada tranquila em relação ao número e gravidade dos acidentes registrados para o período. No entanto, muitas irregularidades e excessos foram observados pelos agentes. Ultrapassagens proibidas, embriaguez ao volante, falta do uso do cinto de segurança e excesso de velocidade foram as infrações mais flagradas.

Os acidentes com registro de óbito ocorreram em São Miguel, na BR-104 envolvendo duas motocicletas, onde um condutor morreu e o outro foi em São Mamede, na BR-230 onde uma queda de motocicleta também vitimou seu condutor. Ao todo, 11 acidentes com feridos foram computados lesionando 23 pessoas.

O excesso de velocidade foi a infração mais apontada para o período: 3485 condutores foram flagrados dirigindo com velocidade superior à permitida para a via. Abusos e irresponsabilidade chamaram atenção: veículos foram vistos circulando em velocidade de até 196 km/h.

Os agentes empenharam seus esforços também no combate ao embriaguez ao volante. Ao todo 1.214 testes de alcoolemia foram realizados sendo que 24 deles deu resultado positivo, resultando em 5 prisões por apresentarem índice considerado crime. A cada 50 condutores que sopraram o aparelho do bafômetro, um deles estava sob efeito de álcool.

Com objetivo de informar e conscientizar, a PRF realizou um intenso trabalho de educação para o trânsito. Ao todo 1.137 pessoas foram alcançadas com abordagens educativas, palestras e cinema rodoviário. Uma das ações foi realizada em Cabedelo, na balsa que realiza o translado de pessoas e veículos até Lucena.

Além das ocorrências de trânsito, diversos flagrantes de criminalidade foram registrados:  crimes ambientais, uso de documento falso, apreensão de anfetaminas, cumprimento de mandado de prisão entre outros. Ao todo 9 pessoas foram detidas.