Vida Urbana

Consumidores que tiveram prejuízos com o apagão serão ressarcidos

De acordo com a gerência, Energisa pode mandar consertar ou dar um novo equipamento.



Agência Brasil
Agência Brasil
Se algum consumidor teve equipamento danificado deve procurar a Energisa para ter o material avaliado

Os consumidores que tiveram equipamentos queimados ou danificados vão receber ressarcimento da Energisa pelos danos causados durante o apagão que atingiu Campina Grande e mais 72 municípios da área central do Estado. A gerencia informou que consumidores devem entrar em contato com a empresa para saber como solicitar o ressarcimento.A falta de energia elétrica ocorreu na manhã de segunda-feira (14), após um curto-circuito na subestação 2, controlada pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

De acordo com o gerente de operações da Energisa, Felipe Vianelli, os consumidores que tiveram algum equipamento eletroeletrônico danificado ou que deixou de funcionar em decorrência da falta e instabilidade da energia elétrica devem entrar em contato com a Energisa através do telefone 0800 083 0196 ou procurar as agências da empresa. “Quando ele [consumidor] faz a solicitação, a Energisa faz uma visita na residência dele para dar um parecer técnico. Se for constatada a veracidade a gente paga valor do conserto do equipamento. No caso de não ter conserto a gente obrigatoriamente dá um outro equipamento”, explicou.

Por causa da falta de energia elétrica, a superintendência do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), em Campina Grande, teve que suspender dez cirurgias de média e alta complexidade e cerca de 200 exames de ultrassom, ecocardiograma, raio-x e eletrocardiograma. Já a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) teve que colocar equipes de agentes nos cruzamentos para controlar o fluxo dos veículos, já que os semáforos ficaram sem funcionar.