Vida Urbana

Após eleição de Trump, dólar fecha em alta e Bovespa registra queda

Dólar comercial fechou esta quarta (9) cotado a R$ 3,2110, com alta de 1,38%.



O dólar comercial fechou o dia hoje (9) cotado a R$ 3,2110, com alta de 1,38%. Já a Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa) fechou o pregão em queda. O principal índice da bolsa, o Ibovespa, encerrou o dia com retração de 1,4%, aos 63.258 pontos. Às 10h12, o índice chegou a bater -3,15% (61794 pontos), mas se recuperou no decorrer da tarde.

As ações que mais caíram foram Kroton ON NM (-4,55%), Cemig PN (-3,52%) e Energias Br ON (-2,9%). As que tiveram as maiores altas foram Gerdau PN (6,36%), Vale ON (4,3%) e Fibria ON (3,96%). O volume de ações negociadas hoje foi de R$ 11.506.998.077.

Efeito Trump

Segundo o analista de investimentos da corretora Rico, Roberto Indech, o comportamento de hoje da Bolsa de Valores foi marcado pela volatilidade, em razão da eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos, resultado anunciado na madrugada de hoje.

“Não há estabelecido nenhum tipo de diretriz de política econômica para o governo Trump. Esse é o grande ponto de interrogação, e por isso os mercados acordaram nervosos hoje. Agora é momento de sentar, aguardar e ver realmente quem vai formar essa equipe econômica e quais serão as diretrizes daqui para a frente”, ponderou.

De acordo com Indech, no entanto, os mercados, em geral, deverão reagir nos próximos dias com instabilidade, mas a tendência não deve atingir o cenário brasileiro. “O mercado nacional está extremamente focado na aprovação da PEC [Proposta de Emenda Constitucional] que limita os gastos. E vai continuar focado no momento político do país e nas medidas de ajuste fiscal”, ressaltou.