Vida Urbana

Homem é preso por manter a esposa em cárcere privado

Após uma semana amarrada em um colchão na casa deles, a mulher conseguiu fugir e pedir ajuda.



Um homem de 26 anos foi preso em flagrante na tarde de segunda-feira (7) acusado de manter a esposa em cárcere privado na zona rural de Barra de Santa Rosa, no Curimataú do Estado. Conforme as informações da Polícia Civil (PC), a vítima conseguiu fugir de casa e pediu ajuda aos enfermeiros de uma unidade de saúde que fica no sítio Santa Rosa e o suspeito tentou invadir o local e matar a mulher com uma faca. Casal prestou depoimento na delegacia e o homem foi encaminhado para cadeia.

Ainda de acordo com as informações da PC, o homem, identificado como José Carlos Silva, 26 anos, em depoimento na delegacia, confessou que batia na mulher e que mantinha ela amarrada em cima de um colchão. A vítima disse que tem problemas neurológicos e toma remédios controlados e que o marido já havia agredido ela outras vezes e que é usuário de drogas.

A PC informou ainda que a mulher ficou em cárcere privado por cerca de uma semana e que não apresentava ferimentos, mas o suspeito teria confessado que bateu na esposa porque ela teria tentado matá-lo. Após uma discussão, a mulher conseguiu se soltar e correr até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) que fica perto da casa onde o casal mora e pediu ajuda aos enfermeiros, que chamaram a polícia. O homem teria tentado invadir a unidade para matar a esposa, mas foi preso em flagrante com uma faca em punho.

O homem foi levado para a delegacia da cidade, onde prestou depoimento confessando o crime e depois foi encaminhado para a Cadeia Pública da cidade de Picuí, na mesma região e dever ser transferido para um presídio da região. A mulher informou aos agentes da PC que iria para a casa dos pais.