Vida Urbana

Bandidos arrombam agência e incendeiam carro durante fuga

Criminosos teriam arrombado caixas atirando nos equipamentos. 



Uma agência bancária foi atacada na madrugada desta terça-feira (1°), na cidade de São João do Rio do Peixe, no Sertão do Estado. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar (PM), os criminosos arrombaram os caixas eletrônicos atirando nos equipamentos e levaram uma quantia em dinheiro. Até às 6h os peritos do Instituto de Polícia Científica (IPC) trabalhavam no local e não haviam confirmado a versão da Polícia Militar. Esse é o quarto caso em menos de uma semana.

A ocorrência foi registrada por volta das 3h. Os moradores da cidade relataram à polícia que cerca de 15 assaltantes participaram do crime. Eles quebraram a porta de vidro da agência e invadiram o local. Parte dos assaltantes fizeram barreiras na entrada das cidades para dificultar o trabalho.

Testemunhas ainda contaram à Polícia Militar que os homens, além de arrombar os caixas eletrônicos, levaram o cofre principal do estabelecimento. Na fuga, os criminosos incendiaram um carro em uma ponte que dá acesso ao município. A PM informou que até as 6h fazia buscas na região, mas nenhum suspeito tinha sido preso.

Na semana passada, três agências bancárias foram alvo da ação dos bandidos. O primeiro caso foi na cidade de Tacima, no Agreste, na madrugada de quinta-feira (28), quando um grupo de vinte homens explodiu uma agência bancária e ainda assaltou uma lotérica, fazendo vigilantes de escudo humano.

No mesmo dia, por por volta das 3h, o alvo dos criminosos foi a agência dos correios da cidade de São João do Cariri. O crime foi praticado por um grupo de oito homens que arrombaram o local e explodiram o cofre, levando dinheiro. Nesse caso, os bandidos abandonaram o veículo em uma estrada, que foi encontrado pela PM durante a manhã.

Na sexta-feira (29), a ação dos bandidos teve como alvo a agência da Caixa Econômica Federal (CEF), da cidade de Areia, no Brejo do Estado. O crime foi por volta de 1h e, segundo a PM, foi praticado por um grupo de pelo menos 15 homens que levaram o cofre o estabelecimento.