Vida Urbana

Sequestro-relâmpago de professora pode ter sido encomendado

 Professora não ficou ferida. Bandidos ainda não foram localizados. 



Reprodução/TV Cabo Branco
Reprodução/TV Cabo Branco
Bandidos ainda não haviam sido localizados até a manhã desta sexta (28)

Uma professora da escola municipal Luiz Augusto Crispim, localizada no bairro dos Ipês, em João Pessoa, foi vítima de um sequestro-relâmpago no momento em que chegava para dar aula na noite da quinta-feira (27). Conforme informações da polícia, três homens armados abordaram a professora ainda dentro do carro, renderam ela e saíram em alta velocidade. Segundo a polícia, o crime poderia ter sido encomendado.

A professora foi libertada e o carro abandonado horas depois no sítio Mumbaba, na cidade de Santa Rita. Ainda segundo a polícia, a ação era para atender uma encomenda de roubo de veículo e o carro da professora atendia aos requisitos dos bandidos. O trio rendeu a professora, saiu com o carro, parou alguns metros à frente da Avenida Tancredo Neves, entrou mais um suspeito e os quatro seguiram no veículo com a professora no banco de trás.
 
Após ser localizada, a professora e o veículo foram encaminhados para a Central de Polícia, no bairro do Geisel, também em João Pessoa, onde prestou depoimento. Apesar do susto, a professora não ficou ferida. Os relatos e as informações compartilhadas nas redes sociais por testemunhas também ajudaram a polícia a localizar a vítima. Até as 9h25 desta sexta-feira (28) os bandidos ainda não haviam sido localizados.